O Verdão terminou a fase de grupos da Libertadores com chave de ouro. Enfrentando o San Lorenzo nesta quarta, no Allianz Parque, pela sexta rodada do grupo F, o Verdão venceu por 1 a 0 e terminou a etapa com a melhor campanha, ultrapassando o Cruzeiro. Dessa forma, o time de Felipão terá a vantagem de decidir em casa todos os confrontos mata-mata em casa. O tento da vitória saiu dos pés de Gustavo Scarpa, aos 23 minutos da segunda etapa.

O Verdão terminou com 15 pontos no grupo F, mesma pontuação do Cruzeiro, porém com melhor saldo de gols (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

APOSTAS

De acordo com as informações da Betway, o Palmeiras era o favorito no duelo. Os odds, que são os prêmios que as casas pagam no caso do seu palpite se concretizar, estavam em R$ 1,40 para cada real investido para a vitória do Verdão, enquanto o empate retornaria R$ 4,33/um e o resultado positivo dos visitantes estava em R$ 8,50/um.

Outras casas de apostas, como Spin SportsRivalo e Apostas Online, foram mais opções para investir. Apostar no Verdão é fácil!

O JOGO

Primeiro tempo

Jogando em casa, o Palmeiras teve o domínio da primeira etapa e controlou as ações ao longo do período, mas não converteu o mesmo em oportunidades criadas. Ganhando chances no time titular, Raphael Veiga e Borja, assim como o resto da equipe, não foram bem. Dessa forma, os palestrinos buscaram abrir o placar com chutes de longe, enquanto os argentinos procuraram os contra-ataques, ambos sem sucesso.

Segundo tempo

O Verdão manteve a postura e conseguiu chegar com mais perigo na meta defendida por Monetti, principalmente após as entradas de Arthur Cabral e Gustavo Scarpa nas vagas de Borja e Raphael Veiga, respectivamente. E foi dos pés do camisa 14 que o Palmeiras conseguiu o gol da vitória.

Após rebote de uma bola levantada na área adversária, Scarpa recebeu e arriscou de longe. A finalização não saiu da forma como ele esperava, mas o goleiro aceitou e viu as redes balançarem. Os visitantes não esboçaram reação e o placar terminou com a vitória palmeirense por 1 a 0.

Scarpa sentiu um problema na panturrilha esquerda e ficou em campo por apenas 13 minutos (Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras)

SITUAÇÃO NA LIBERTADORES

O resultado deixou o esmeraldino com 15 pontos, terminando na liderança da chave F e com a melhor campanha da fase de grupos da competição (superou o Cruzeiro, que teve a mesma pontuação, por conta do saldo de gols – 12 contra 9).

Apesar da derrota, o San Lorenzo já entrou em campo classificado para as oitavas de final e terminou na segunda colocação, com 10 pontos. O sorteio dos duelos da próxima etapa será realizado no dia 4 de junho, na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai.

100 JOGOS

O atacante Miguel Borja alcançou a marca centenária na noite desta quarta. O colombiano, que marcou 33 gols até o momento, chegou em 2017 após ter 70% dos seus direitos econômicos adquiridos pelo Palmeiras por US$ 10,5 milhões (aproximadamente R$ 34 milhões, na época). Em má fase no clube, o camisa 9 voltou a entrar em campo depois de pouco mais um mês sem atuar, porém foi mal, não aproveitou a chance e foi substituído por Arthur Cabral.

Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

CALENDÁRIO

Os comandados de Luiz Felipe Scolari voltam a focar no Campeonato Brasileiro. Os palestrinos encaram o Atlético-MG no próximo domingo (12), às 16h, no Independência, em Belo Horizonte (MG), pela quarta rodada da competição. Duas das quatro equipes invictas até o momento, o Verdão está na segunda posição, com sete pontos, enquanto o Galo ocupa a liderança, com nove (100% de aproveitamento).

FICHA TÉCNICA

LOCAL: Allianz Parque, São Paulo (SP)
DATA/HORÁRIO: 08/05/2019 – 21h45
PÚBLICO/RENDA: 29.204 torcedores/ R$ 1.697.516,65
ÁRBITRO: Gery Vargas (Bolívia)
ASSISTENTES: José Antelo e Edwar Saavedra, ambos da Bolívia
CARTÕES AMARELOS: Mayke, Felipe Melo, Luan (Palmeiras); Román Martínez (San Lorenzo)
CARTÃO VERMELHO:
GOL: Gustavo Scarpa, aos 23’/2ºT (1-0);

PALMEIRAS: Weverton, Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Moisés, Raphael Veiga (Gustavo Scarpa/Lucas Lima), Dudu e Zé Rafael; Borja (Arthur Cabral) (4-5-1)
Técnico: Luiz Felipe Scolari

SAN LORENZO: Monetti, Gonzalo Rodriguez, Coloccini e Senesi (Peruzzi); Herrera, Loaiza, Román Martínez e e Damián Pérez; Gustavo Torres, Reniero e Fértolli (Juan Salazar); (3-4-3)
Técnico: Jorge Almirón