O Verdão ganhou do Melgar por 4 a 0 e carimbou a classificação para as oitavas da Libertadores ainda na quinta rodada do grupo F. Jogando nesta quinta no Monumental de la UNSA, em Arequipa, os comandados de Luiz Felipe Scolari controlaram o jogo e construíram o resultado com gols de Gustavo Gómez, Moisés e dois de Gustavo Scarpa, o destaque da partida. De quebra, a equipe voltou a liderança da sua chave, com 12 pontos.

O zagueiro Gómez (dir) abriu o placar no Peru (Foto: Conmebol)

APOSTAS

Segundo os dados fornecidos pelo Apostas Online, o esmeraldino entrou com favoritismo. Os odds, que são os prêmios que as casas pagam no caso do seu palpite se concretizar, estavam em R$ 1,75/um para os visitantes e pagando R$ 5,50/um para o Melgar. Caso terminasse tudo igual, o retorno seria de R$ 3,60/um.

Outras opções para investir foram as casas Spin Sports e Rivalo, nas quais valores semelhantes foram indicados para as possibilidades. De acordo com a primeira, um resultado positivo dos peruanos retornaria R$ 5,15/um, o empate R$ 3,45/um e a vitória do Verdão R$ 1,74/um. Já a Rivalo estava pagando R$ 5,00/um para o time da casa, R$ 3,40/um em caso de igualdade e R$ 1,75/um para o Palmeiras, que saiu vitorioso.

PRIMEIRO TEMPO

O Melgar, jogando em casa, esboçou uma pressão inicial e assustou logo no primeiro minuto com Chriatian Ramos, de cabeça, mas Weverton fez boa defesa. Após o lance, o Verdão tomou conta da partida e abriu o placar aos nove minutos. Dudu e Scarpa fizeram uma jogada ensaiada no escanteio e a bola encontrou a cabeça de Gustavo Gómez, que mandou no fundo da rede.

A vantagem ficou maior aos 21′. Gustavo Scarpa chutou da entrada da área e mandou no canto direito, sem chances para o goleiro Cáceda. O placar poderia aumentar ainda antes do intervalo, mas Cuesta tirou um cabeceio de Felipe Melo em cima da linha. Antes do árbitro encerrar a primeira etapa, o Melgar teve o técnico Jorge Pautasso expulso por reclamação.

SEGUNDO TEMPO

O Palmeiras diminuiu um pouco o ritmo no começo da segunda etapa e deu mais espaços para o adversário. Apesar disso, quem marcou foi o time esmeraldino. Com 21 minutos, Gustavo Scarpa, outra vez, deixou sua marca após receber de Hyoran, que entrou na vaga de Zé Rafael, e bateu forte, balançando a rede.

Com vantagem confortável, o técnico Felipão fez as substituições restantes e colocou Lucas Lima e Moisés nos lugares de Dudu e Bruno Henrique, respectivamente. E o quarto tento saiu dos pés do volante camisa 10. Aos 35′, Scarpa, muito participativo, achou Hyoran, que apenas tocou para Moisés empurrar e anotar o seu. Perto do apito final, o Melgar ainda teve o lateral-direito Neyra expulso, que fez falta em Lucas Lima e levou o segundo cartão amarelo.

Scarpa terminou o duelo como destaque do Verdão (Foto: Conmebol)

SITUAÇÃO NA LIBERTADORES

Restando apenas uma rodada para o final da primeira fase, o Palmeiras retomou a liderança do grupo F, com 12 pontos. Também classificado, o San Lorenzo (ARG) perdeu para o Junior Barranquilla (COL) por 1 a 0 e está na segunda posição, com 10. O Melgar (PER) se encontra na sequência, somando quatro pontos, e os colombianos seguram a lanterna, tendo apenas três.

CALENDÁRIO

O Verdão volta a campo neste domingo (28) diante do Fortaleza, às 19h, no Allianz Parque. O duelo será a estreia do time no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

LOCAL: Monumental de la UNSA, Arequipa (Peru)
DATA/HORÁRIO: 25/04/2019 – 23h00
ÁRBITRO: Carlos Orbe (Equador)
ASSISTENTES: Byron Romero e Ricardo Baren, ambos do Equador
CARTÕES AMARELOS: Neyra, Christian Ramos, Fuentes (Melgar); Zé Rafael, Deyverson (Palmeiras)
CARTÃO VERMELHO: Neyra (Melgar)
GOLS: Gustavo Gómez, aos 9’/1ºT (1-0); Gustavo Scarpa, aos 21’/1ºT (2-0) ; Gustavo Scarpa, aos 21’/2ºT (3-0); Moisés, aos 35’/2ºT (4-0);

MELGAR: Cáceda, Neyra, Christian Ramos, Fuentes e Mifflin; Aries, Diez (Hinostroza), Vidales (Arakaki), Alexi Gómez (Iberico) e Joel Sánchez; Cuesta (4-5-1)
Técnico: Jorge Pautasso

PALMEIRAS: Weverton, Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique (Moisés) e Zé Rafael (Hyoran); Gustavo Scarpa, Dudu (Lucas Lima) e Deyverson; (4-3-3)
Técnico: Luiz Felipe Scolari