Começando muito mal no confronto, o Palmeiras conseguiu reagir e buscou o empate em 2 a 2 contra o Godoy Cruz, no estádio Malvinas Argentinas, em Mendoza, na Argentina. Válido pela ida das oitavas de final da Libertadores, Santiago García marcou os dois tentos dos mandantes na noite desta terça, com direito a desperdício de uma penalidade, porém Felipe Melo e Borja anotaram para o lado esmeraldino. 

As equipes voltam a duelar na próxima terça-feira (30), às 21h30, no Allianz Parque. Para avançar, o Verdão pode empatar sem gols ou por 1 a 1, além, é claro, de um triunfo. Já os argentinos precisam de uma vitória ou de uma igualdade por 3 a 3 ou mais tentos. A repetição do placar da ida leva a decisão da vaga nas quartas para as penalidades.  

Foto: Alexis Lloret/Getty

Apostas

Segundo a Rivalo, o Palmeiras era o grande favorito para a partida, porém o time não acompanhou a indicação e saiu com a igualdade no placar. Dessa forma, com o resultado valendo R$ 3,70 para cada real investido, quem apostou R$ 100,00, por exemplo, teve retorno de R$ 370,00. 

O jogo

Primeiro tempo

O Verdão começou o duelo da pior forma possível. Com apenas seis minutos, a zaga falhou e viu o artilheiro Santiago García anotar o primeiro, de cabeça. Espaçado e sem criar oportunidades, a equipe sofreu o segundo gol com 28 minutos, novamente com García. Porém, pouco depois, aos 33′, a equipe esboçou uma reação e diminuiu com Felipe Melo, de cabeça, após cruzamento de Marcos Rocha.

Ao invés de servir como motivação para a mudança de comportamento do esmeraldino, o gol não surtiu tal efeito e, por pouco, o time não foi para o intervalo em maior desvantagem. Após pênalti a favor dos mandantes, o artilheiro do Godoy no jogo foi para a cobrança, porém Weverton defendeu a tentativa, saindo para o intervalo perdendo por 2 a 1.

Segundo tempo

O Palmeiras voltou melhor, mais ofensivo e tomando conta das ações na segunda etapa. Dessa forma, conseguiu empatar o duelo aos 13 minutos. Em passe do zagueiro Luan, Borja já dominou girando em cima de Varela, na direção do gol, e chutou na saída do goleiro Mehring. O time de Luiz Felipe Scolari passou então a administrar o resultado, chegando com real perigo com Bruno Henrique, de falta. Apesar disso, saiu de Mendoza com a igualdade no placar.

Foto: Maximiliano Rios/Reuters

Calendário

Após o confronto, o Verdão volta a mudar o foco para o Campeonato Brasileiro. Visando retomar a vantagem que tinha na liderança (o Santos chegou aos mesmos 26 pontos do esmeraldino), a equipe recebe o Vasco da Gama no sábado (27), no Allianz Parque, às 17h, pela 12ª rodada da competição.

Ficha técnica

LOCAL: Estádio Malvinas Argentinas, Mendoza (ARG)
DATA/HORÁRIO: 23/07/2019 – 21h30
ÁRBITRO: Wilmar Roldán (COL)
ASSISTENTES: Alexander Guzmán (COL) e Dionizio Ruiz (COL)
VAR: Victor Carillo (PER)
CARTÕES AMARELOS: Aleo, Brunetta (Godoy Cruz); Luan (Palmeiras);
CARTÃO VERMELHO:
GOL: Santiago García, aos 6’/1ºT (1-0); Santiago García, aos 28’/1ºT (2-0); Felipe Melo, aos 33’/1ºT (2-1); Borja, aos 13’/2ºT (2-2);

GODOY CRUZ: Mehring, Varela, Arena, Cardona e Aleo; Gutiérrez, Andrada e Bullaude (Manzur); Brunetta, Marentiel (Prieto) e Santiago García;
Técnico: Lucas Bernardi

PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Raphael Veiga; Dudu, Willian (Hyoran) e Borja (Deyverson);
Técnico: Luiz Felipe Scolari