26 de agosto de 1914. Perto de completar 105 anos de história, tudo começou na data menciona anteriormente. O sonho de imigrantes italianos na cidade de São Paulo no começo do século XX deu início ao clube que transforma e influencia torcedores e apaixonados por futebol até os dias atuais. Confira como tudo aconteceu em mais uma edição do Dale Verdão Especial!

A reunião de fundação do Palmeiras aconteceu no primeiro prédio à direita, situado próximo da Praça da Sé (Foto: Divulgação)

A colônia italiana: origem de tudo

No começo do século passado, quatro jovens vindos da Itália desembarcaram em território brasileiro e, por conta de uma excursão do Torino e do Pro-Vercelli, foram motivados a criar um clube para os imigrantes da terra da bota em São Paulo. Luigi Cervo, Luigi Marzo, Vincenzo Ragognetti e Ezequiel Simone tiveram a ideia de fundar uma agremiação esportiva compatível com o tamanho da colônia presente na cidade.

Para tal, publicaram um convite no jornal Fanfulla, veículo voltado para o público-alvo em questão. Chamando atenção dos interessados no projeto, reuniões foram organizadas para tratar dos detalhes. Após alguns encontros, no dia 26 de agosto de 1914, 46 pessoas (grande parte eram funcionários das Indústrias Matarazzo) estiveram presentes no já extinto Salão Alhambra, localizado na Rua Marechal Deodoro, número 2, e fundaram o Palestra Itália.

Primeiro escudo da agremiação, ainda com as cores vermelha e amarela (Imagem: Divulgação)

Tendo origem grega, a palavra Palestra quer dizer, em tradução livre do idioma italiano, “academia ou escola onde se pratica atividades físicas”. Dessa forma, se iniciou a trajetória do maior campeão do Brasil. Outros clubes com origem do mesmo país já existiam na capital paulista, mas nenhuma possuía expressão suficiente.

Com a intenção de consolidar a relação da Itália também em terras brasileiras (havia sido unificada recentemente na Europa), o clube se preparou de forma séria para competir de igual para igual com as principais potências da época. Para tal, passou meses treinando no campo situado na rua Major Maragliano e escolhendo os melhores jogadores visando seu primeiro compromisso oficial.

Em meio a isso estava a Primeira Guerra Mundial. A batalha, que começou em julho de 1914 e durou até novembro de 1918, obrigou diversos sócios e atletas a se apresentarem para lutar, quase resultando no encerramento prematuro das atividades palestrinas. Superando as adversidades, disputou seu duelo inaugural no dia 24 de janeiro de 1915. O Verdão encarou o Savóia, no local que atualmente está a cidade de Votorantim, e venceu o amistoso por 2 a 0 (gols de Bianco e Alegretti). O resto é história, tradição e muitas glórias.