Por Rômulo Morse


Utilizado por Luiz Felipe Scolari desde que voltou ao Verdão em agosto do ano passado, o rodízio de jogadores permanecerá em 2019. Com mais opções no elenco com as contratações e a volta de emprestados, Felipão quer manter todos em atividade e evitar o desgaste.

Leia também: Verdão realiza atividades em dois períodos neste sábado

O Palmeiras conseguiu manter o plantel campeão brasileiro e reforçou posições que, segundo a comissão técnica, eram carentes. Sendo assim, Carlos Eduardo e Felipe Pires chegaram como opção para os lados do ataque. Arthur Cabral se junta aos camisas 9 Borja e Deyverson. No meio, o volante Matheus Fernandes e o meia Zé Rafael aumentam a qualidade do meio-campo esmeraldino. Os três últimos foram destaque de Ceará, Botafogo e Bahia, respectivamente, no último Brasileirão.

Entre os que voltam de empréstimo, Felipão pretende contar com Raphael Veiga, que fez boa temporada com o Athetico Paranaense, sendo muito importante na conquista da Copa Sul-Americana pelo Furacão. O atacante Erik e o zagueiro Juninho também podem ganhar uma chance. Com isso, o treinador pentacampeão mundial poderá rodar os times nas diferentes competições em disputa na atual temporada, como o campeonato nacional, o Paulistão, a Copa do Brasil e a Libertadores.