Por Rômulo Morse

O superpesado (+ 91kg) Cosme Nacimento subiu no lugar mais alto do pódio. Representando a Seleção Brasileira pela 12ª Copa del Pacífico, disputada em Durán (Equador) no dia 21 de outubro, o pugilista trouxe o ouro para o Verdão.

Veja também: Verdão lidera ranking de faturamento com bilheteria no Campeonato Brasileiro

Cosme é considerado por muitos como o melhor pugilista de sua categoria no cenário nacional (Foto: Divulgação)

O caminho até o título do torneio, que possui a chancela da Associação Internacional de Boxe Amador (AIBA), foi traçado com eficiência. O equatoriano Yorkael Zambrano (4 a 1 na decisão dos juízes) foi a primeira vítima. Em seguida, pela semifinal, o costoriquenho David Hurtado abandonou a luta ainda no primeiro minuto de combate. Chegando na grande final, Luiz Muñoz, vindo do Peru, não foi páreo para Cosme. Com decisão unânime (5 a 0), o atleta palestrino sagrou-se campeão.

Após o ouro, o pugilista comemorou a conquista internacional: “Só tenho a agradecer a todos da CBBoxe, sem exceção, por todo o trabalho realizado. A nosso técnico, Leonardo Macedo, que foi eleito o melhor treinador do torneio. Ao Palmeiras, em especial ao treinador Paco, por todo o aprendizado destes anos. E à Marinha do Brasil, pelo suporte dado para defender o país. Esta conquista não é só minha, e espero que a evolução seja constante para poder um dia, quem sabe, participar de uma Olimpíada”.

Nascido em Santana de Parnaíba, no interior de São Paulo, o atleta de 24 anos e 1,98m de altura faz parte da recém-inaugurada equipe de boxe do Palmeiras. Comandado pelo técnico Papo Garcia, é hexacampeão estadual e tricampeão brasileiro. Considerado por muitos como o melhor de sua categoria no cenário nacional, seu principal título defendendo as cores do Brasil foi a Copa La Romana 2014, disputada na República Dominicana.